writing-1149962_1280.jpg

CyberArk adquire empresa de identidade de máquina Venafi

A empresa de segurança de identidade anunciou a compra da fornecedora de sistemas de gerenciamento de identidade de máquina por aproximadamente US$ 1,54 bilhão
Da Redação
20/05/2024

A empresa de segurança de identidade CyberArk anunciou nesta segunda-feira, 20, que assinou acordo definitivo para adquirir a fornecedora de sistemas de gerenciamento de identidade de máquina Venafi, pertencente ao fundo de private equity Thoma Bravo. O negócio, avaliado em aproximadamente US$ 1,54 bilhão, será pago com cerca de US$ 1 bilhão em dinheiro e aproximadamente US$ 540 milhões em ações da CyberArk.

Com foco em controles inteligentes de privilégios, a CyberArk, que atua no Brasil por meio de distribuidores, fornece soluções de segurança de identidade, humana e de máquina, para ambientes híbridos, de software como serviço (SaaS) e multinuvem. Já a  Venafi fornece conexão e segurança para comunicação máquina a máquina, além de visibilidade de identidades de máquinas em ambientes on-premises, de nuvem, virtuais, móveis e IoT. A empresa também oferece remediação automatizada para reduzir o risco associado a identidades de máquinas.

A Venafi lançou recentemente uma solução para abordar o limite de 90 dias proposto pelo Google para o ciclo de vida dos certificados digitais — se e quando entrar em vigor.

Em comunicado, a CyberArk disse que a aquisição permitirá criar uma plataforma unificada em escala empresarial para segurança de identidade de máquinas de ponta a ponta e expandirá seu mercado em quase US$ 10 bilhões.

Veja isso
CyberArk adquire empresa de gestão de identidade Idaptive
LogRhythm, da Thoma Bravo, anuncia fusão com rival Exabeam

Segundo a empresa, a combinação da assinatura de código criptográfico, gerenciamento do ciclo de vida do certificado, infraestrutura de chaves privadas (PKI) e gerenciamento de identidade de IoT da Venafi com os seus recursos de gerenciamento de segredos permitirá que a CyberArk proteja as organizações contra o uso indevido e comprometimento da identidade de máquina e evite interrupções.

A expectativa é que a transação, após as aprovações regulatórias e às condições habituais de fechamento, seja concluída no segundo semestre.

.“Ao combinar forças com a Venafi, estamos expandindo nossas habilidades para proteger identidades de máquinas em um mundo pós-quântico, GenAI e que prioriza a nuvem. Nossas tecnologias, capacidades e conhecimentos integrados atenderão às necessidades das empresas globais e capacitarão os diretores de segurança da informação para se defenderem contra ataques cada vez mais sofisticados que utilizam identidades humanas e de máquinas como parte da cadeia de ataque”, disse Matt Cohen, CEO da CyberArk.

Compartilhar:

Últimas Notícias